ÚLTIMAS NOTÍCIAS

História de que Gian teve AVC por causa de Zezé está mal contada

Potado por: Jornalismo - quinta-feira, 2 de outubro de 2014 | 19:32


zeze graciele Namorada de Zezé acusa Zilu de armar flagra e Gian de inventar AVC
Gente, vocês acreditam que Graciele Lacerda está fazendo acusações públicas contra Zilu e Gian (da dupla com Giovani)?
A namorada de Zezé parece estar empolgada com esse barraco todo e, na falta do que fazer, resolveu dar palpites...
Em uma rede social, ela afirmou que Zilu armou flagra numa delegacia (o que é mentira de Graciele, pois a reportagem estava lá fazendo uma matéria policial quando deu de cara com Zilu).
Fora isso, a ex-dançarina disse também que Gian mentiu ao dizer que teve um AVC (acidente vascular cerebral). Xiiiiiiiiiii.......
Veja o que a moça escreveu:
graciele instagram Namorada de Zezé acusa Zilu de armar flagra e Gian de inventar AVC
Graciele fez acusações contra Zilu e Gian (Fotos: Reprodução/Instagram)
Por Fabíola Reipert

Retirar amígdalas não é a primeira opção para tratamento de inflamação

A cirurgia das amígdalas teve uma queda expressiva nas indicações nas últimas décadas, mas ainda é muito comum. O avanço dos antibióticos, cada vez melhores, permitiu que as infecções, que eram a maior indicação para cirurgia, fossem tratadas com medicação. Atualmente, são os distúrbios respiratórios que levam a maior parte dos pacientes a realizar a cirurgia.
A cirurgia é normalmente indicada quando as amígdalas acarretam algum prejuízo para o paciente (respiração, sono, alimentação, fala) ou quando as infecções se tornam frequentes.
Amígdalas palatinas hipertrofiadas, principalmente se associadas com aumento da adenoide, podem levar à respiração oral, que não é o ideal. Quando isto acontece em crianças, a face não se desenvolve adequadamente e os dentes crescem mal posicionados pois a respiração nasal influencia no crescimento da face. As amígdalas hipertrofiadas também podem causar um desconforto no sono, levando à síndrome da apneia do sono.
Nesta síndrome, a pessoa faz um grande esforço para respirar enquanto dorme, o que se reflete em um sono de má qualidade e, no dia-a-dia, redução de concentração e de memória. Em alguns casos mais graves, a hipertrofia das amígdalas pode chegar ao ponto de causar uma obstrução mecânica à passagem de alimentos. Um sinal de que a criança pode sofrer deste problema é quando ela passa a preferir alimentos líquidos e pastosos e não consegue ganhar peso.
Quando as infecções nas amígdalas se tornam frequentes, a cirurgia também pode ser a solução, dependendo da frequência com que ocorrem e do prejuízo que elas causam ao paciente. Neste sentido, a cirurgia pode ser indicada se a criança perde vários dias de escola ao ano por conta de amigdalites. Existe uma situação chamada amigdalite caseosa, que normalmente afeta adultos, em que as amígdalas acumulam o caseum, bolinhas brancas? Formadas por restos de alimentos, saliva e células. O caseum leva ao mau hálito, que, se levar a grande incômodo, pode ser resolvido com cirurgia. Em alguns casos de infecção mais graves, como um abscesso periamigdaliano, que é uma coleção de pus que se desenvolve a partir de uma amigdalite, a cirurgia é indicada mesmo com poucos episódios infecciosos.
As principais contraindicações à cirurgia são anemias e alterações da coagulação. Como existe o risco de sangramento durante a cirurgia, pode haver uma piora da anemia. Já as alterações de coagulação podem aumentar as chances de sangramento. Cada caso deve ser avaliado de forma individualizada, buscando-se a causa do distúrbio e tratamento adequado. Uma vez corrigida a alteração, a cirurgia pode ser realizada.
Outra contraindicação mais rara é a fissura submucosa. Nesta situação, o palato ("céu-da-boca") apresenta uma fissura no meio. O paciente pode não ter sintomas e, quando passar por avaliação, nem sempre sabe do problema. O diagnóstico é importante porque no pós-operatório o paciente pode apresentar saída de alimentos pelo nariz por uma disfunção do palato em se movimentar e fechar a comunicação que existe entre as cavidades oral e nasal. Este problema em geral é revertido após algumas semanas, mas pode persistir por mais tempo e dificultar a alimentação.
Não existe idade mínima para realizar a cirurgia, o que importa é uma correta indicação. Porém, se a criança for muito nova, a adenoide, estrutura que se localiza atrás do nariz e que é frequentemente retirada junto com as amígdalas palatinas, pode voltar a crescer. Se voltar a apresentar desconforto para respirar e sensação de nariz entupido, uma nova cirurgia poderá ser necessária.
Muitos pacientes generalizam dores de garganta atribuindo a problemas nas amígdalas. Certas doenças tem sintomas muito parecidos, mas exigem tratamentos muito diferentes. As amigdalites em geral tem curta duração. Quadros de dor de garganta recorrente podem também estar associados ao refluxo gastroesofágico. Apenas uma consulta com um especialista poderá indicar o melhor tratamento, considerando as particularidades de cada pessoa. Durante a avaliação, o especialista deve fornecer orientações sobre riscos e benefícios de cada tratamento, baseando-se nas diretrizes estabelecidas pela Associação Brasileira de Otorrinolaringologia.
Fonte: Minha Vida

Datafolha divulga nova pesquisa realizada nos dias 29 e 30

Potado por: Jornalismo - quarta-feira, 1 de outubro de 2014 | 19:26

O Datafolha divulgou nesta quarta-feira (1º/10) mais uma pesquisa eleitoral das intenções de voto para o governo do estado do Rio de Janeiro. Essa nova amostragem tem o Governador Luiz Fernando Pezão (PMDB) seguindo na dianteira com os mesmos 31% anterior, realizada entre os dias 25 e 26 de setembro.
Anthony Garotinho (PR) tem 24%, tendo subido 1% do ultimo estudo. O senador Marcelo Crivella (PRB) manteve 17%, enquanto o petista Lindbergh Farias caiu um ponto, passando de 12% para 11%.
Votos em branco e nulo somam 9%. Entre os entrevistados, 4% disseram que não sabem em quem vão votar.
Na simulação de um provável segundo turno entre Pezão e Garotinho, o peemedebista teria 50% das intenções de voto, contra 33% de Garotinho, o que mostra uma queda de sete pontos percentuais entre os candidatos em relação à última pesquisa, quando os dois tinham 54% e 30%, respectivamente. Em um eventual segundo turno entre Pezão e Crivella, o governador teria 47% e o senador, 37%.
O instituto também apontou a rejeição dos candidatos. Garotinho continua com o maior índice (47%), seguido por Lindberg (20%), Pezão (19%) e Crivella (15%),
O Datafolha ouviu 1.522 eleitores entre os dias 29 e 30 de setembro em 36 municípios. A margem de erro é de três pontos percentuais, para mais ou para menos. A pesquisa, encomendada pelo jornal "Folha de S.Paulo" e pela TV Globo, está registrada no TSE sob o no RJ-00050/2014 e BR-00905/2014.
Agências

Quase uma tonelada de melado comercializado como mel e vendido na região é apreendido em Guaçuí

Uma operação realizada em Guaçuí (ES), no bairro Parque Industrial, apreendeu 528 litros de melado – pesando em média um quilo cada um – já prontos para venda ao consumidor como se fosse mel, aproximadamente 300 litros do mesmo produto em baldes para serem engarrafados, quatro fardos de açúcar, duas panelas com melado ainda em fase de produção, dois fogões improvisados e cerca de 4.400 garrafas de plástico utilizadas para envasar o produto. O material apreendido foi encaminhado para o descarte adequado.


A operação que desativou a fábrica clandestina contou com três policiais militares, dois funcionários da Vigilância Sanitária Municipal (Secretaria de Saúde) e dois da Secretaria Municipal de Meio Ambiente. A fiscalização ocorreu após a Vigilância Sanitária Municipal receber denúncia anônima a respeito da produção clandestina de melado no local. De acordo com o coordenador da operação e agente fiscal da Vigilância, todo o material apreendido apresentava péssimas condições de higiene. “Encontramos vários ratos e excrementos destes roedores na casa onde funcionava fábrica. Havia também patos com livre acesso ao espaço de produção, além de muitos insetos no local”, destaca Carlos Antônio Figueiredo.

“A fabricação de produtos, especialmente alimentícios, em desacordo com a legislação sanitária é crime contra a saúde pública, prevista no código penal brasileiro, pois pode causar seríssimos danos à saúde da população. Além disso, é estelionato, pois quem se envolve neste tipo de situação está enganando o consumidor”, enfatiza Carlos Antônio.

No momento da abordagem, duas mulheres produziam melado no local. Elas apontaram uma terceira pessoa, um homem que não estava na casa, como o dono da fábrica. As mulheres e o proprietário da fábrica foram envolvidos no boletim de ocorrência da Polícia Militar.

Segundo a PM, o boletim foi encaminhado para a Polícia Civil, que tomará as providências necessárias. “Temos informações de que este produto clandestino geralmente é vendido, e sem rótulo, no Rio de Janeiro, Minas Gerais e Bahia”, comenta o policial militar que participou da operação, João Batista Ferreira. Em Natividade, além outras cidades da região é comum se deparar com vendedores ambulantes, oferecendo tais produtos, por preço, geralmente abaixo do mercado.

Ascom/Prefeitura de Guaçuí

Engavetamento na Avenida Zulamith Bittencourt na tarde desta quarta-feira

No final da tarde desta quarta-feira (01) aconteceu um engavetamento envolvendo um CrossFox, uma Besta e uma Kombi na Avenida Zulamith Bittencourt, próximo a Igreja do Relógio.
Segundo informações, os carros foram parando devido ao grande congestionamento. O Crossfox prata parou primeiro, a Besta estudantil de cor branca conduzida por um homem de 32 anos, parou depois, já a Kombi conduzida por um jovem de 21 anos não parou e acabou por bater, causando o engavetamento.

 O motorista da Kombi foi conduzido a Unidade de Pronto Atendimento com dores no peito, e uma mulher que estava na Besta passou mal devido ao susto e também foi levada a UPA.

Leandro Vieira/Rádio Itaperuna AM
Imagem Ilustrativa

Polícia verifica denúncia de tráfico de droga no Bom Pastor

Policias do setor Bravo juntamente com a equipe Charlie foram na Rua José Teixeira Soares, no bairro Bom Pastor, para verificar denúncia de tráfico de droga na região. Após realizaram busca no local foi encontrado, num terreno baldio ao lado da residência de n°41, quatro buchas de maconha. A droga foi encaminhada a Delegacia Legal de Itaperuna. Nenhum suspeito foi encontrado.



Por Leandro Vieira/Rádio Itaperuna AM
Imagem Ilustrativa
 
Suporte: Agência R3 | Robson Araujo | (22)9703-9095
Copyright © 2013. Radio Itaperuna AM 1410 - Todos os direitos reservados
Criado por Creating Website Publicado por Mas Template
Proudly powered by Agência R3 E Blogger