Home » » Acusados de matar esposa de secretário em SFI são condenados

Acusados de matar esposa de secretário em SFI são condenados

Potado por: Jornalismo - quinta-feira, 28 de maio de 2015 | 08:32

Os irmãos Felipe Miguel de Oliveira, 29 anos, e Eversan Miguel de Oliveira, 35, foram condenados nesta quarta-feira (27) pelo assassinato da tia, Joanete Gonçalves de Oliveira, morta a pedradas em dezembro de 2013, em São Francisco de Itabapoana. O crime aconteceu na localidade de Espiador, que fica a 4 km da sede do município, e chocou a população. A vítima era casada com o secretário de Obras. O irmão de Joanete também é acusado pelo crime e vai a júri no próximo mês.

Felipe foi condenado a 18 anos de reclusão. Já o irmão, Eversan, foi condenado a 15 anos. A diferença das penas se deu pelo fato de Eversan ter confessado o crime. De acordo com o promotor Sérgio Ricardo Fernandes Fonseca, as defesas já recorreram.

O caso — Um crime brutal foi registrado em São Francisco. A esposa do secretário de Obras, Urbanismo e Serviços Públicos do município, Roosevelt Batista, Joanete Gonçalves de Oliveira, 48 anos, conhecida como Néia, foi morta a pedradas. O crime teria sido cometido por uma disputa de herança do pai da vítima, pois a mesma era a inventariante dos bens. Desde o início, os suspeitos eram um irmão e os dois sobrinhos.

Por Folha da Manhã
Espalhe por aí :
 
Share English German French Arabic Chinese Simplified