Home » » Polícia realiza a maior apreensão de drogas da história de Pedra Dourada (MG)

Polícia realiza a maior apreensão de drogas da história de Pedra Dourada (MG)

Potado por: Jornalismo - quinta-feira, 11 de junho de 2015 | 11:14

As polícias Civil e Militar (PM) de Tombos (MG), deflagraram na manhã desta quarta-feira (10) a operação “Antídoto”, para o cumprimento de sete mandados de busca e apreensão em Pedra Dourada. Os documentos foram expedidos pela juíza Alinne Arquette, da Comarca de Tombos.
A ação que contou com participação de policiais da 38ª Delegacia da Polícia Civil e militares do 4º Pelotão da PM, além de cinco viaturas, terminou com a apreensão de 2,6 kg de maconha, a maior da história de Pedra Dourada, segundo a polícia. Três suspeitos foram presos por tráfico de drogas, sendo um pai, de 53 anos; o filho dele, de 21; e um homem, de 33 anos, que seria funcionário do suspeito de 53. O trio foi levado para a Unidade Policial de Tombos.
De acordo com informações repassadas pelas polícias, além da maconha foram apreendidos 99,15 gramas de cocaína, uma motocicleta, uma motosserra, aparelhos de celular e pen drive. Segundo as polícias, a apreensão é relevante levando-se em consideração o número de habitante das localidades: Tombos tem cerca de dez mil habitantes, de acordo com o Censo 2010, e Pedra Dourada, aproximadamente dois mil habitantes.
Ainda segundo as informações repassadas pelas polícias, a cocaína foi encontrada na casa do homem de 53 anos, que disse que a droga pertencia ao filho dele. Porém, conforme a ocorrência, denúncias anônimas davam conta de que pai e filho, de forma associada, comercializavam a droga em Pedra Dourada.
A maconha, de acordo com o relato policial, foi apreendida na casa do homem de 33 anos, que disse que a droga pertencia ao suspeito de 53 anos e que este seria seu patrão. Ainda segundo os policiais, foram apreendidos.
Os três autores foram presos em flagrante e levados para a Unidade Policial de Tombos, onde estão à disposição da Justiça. Segundo o delegado de Tombos, Diêgo Candian Alves, os autores já estavam sendo investigados por tráfico de entorpecentes.
– Os autores já estavam sendo investigados por tráfico de entorpecentes e, graças às denúncias anônimas, conseguimos apreender essa grande quantidade de drogas que, para o porte de Pedra Dourada, é considerada relevante. Agradeço à população douradense que sempre se encontra trabalhando com a polícia, ainda que de forma anônima, – destacou.





Natividade FM
Espalhe por aí :
 
Share English German French Arabic Chinese Simplified